logo



Atualmente, o número de óbitos por afogamento em nosso país supera os 5.700 casos por ano, isto sem falar nos incidentes não fatais que chegam a mais de 100.000. Os dados abaixo demonstram a ocorrência de uma catástrofe anual que necessita ser interrompida.

1354719834_ACP_PDF 2_file_document

EM ESPANHOL

1354719834_ACP_PDF 2_file_document

HOME

Dr David Szpilman - Sócio Fundador, Ex-Presidente e atual Diretor Médico da SOBRASA; Ten Cel Médico RR do CBMERJ; Médico do Município do Rio de Janeiro; Membro do Conselho Médico e Prevenção da International Lifesaving Federation - ILS; Membro da Câmara Técnica de Medicina Desportiva do CREMERJ. www.szpilman.com
  1. Ari Góis Do Nascimento Responder
    .mim indetifico com vcs que busca forrmas de educar pra não afoga
  2. Denis Responder
    Muito bom!!!
  3. Gilciléa Chaves Teixeira Responder
    Execelente material
  4. José Luiz de Melo Martins Responder
    Olá, a todos da Equipe Sobrasa . Tenho uma história a contar ,meu Pai já 45 anos atrás eu com 7 anos e minha irmã com 8 anos, pegava no colo e levava para além da arrebentação na praia do Leme RJ ,era um cara de inteligência invejável pois naquela época já pedia instrução para os Salva Vidas ,eram os Polícia Militares não havia o corpo de Bombeiros ,o uniforme camiseta branca com short jeans . Minha mãe vendo isso , meu pai levando a gente para depois da arremetação resolveu tomar uma iniciativa : foi até o Fluminense e colocou eu e minha irmã na escolinha de natação,por lá fiquei até os 18 anos ,,volley ,futebol de salão ,tênis de mesa todos esses esportes participei de escolinhas, o Walter Polo entrou na minha Vida ,para aprimorar tudo que aprendi no meio Aquático e respeito ao Mar . Desde os 20 anos sou Body Surf e tenho 6 travessias umas três ressacas que entrei uma no Leme , Itaúna Saquarema e outra em Itacoatiara que um amigo GV ,pediu ajuda e achei que era na areia e acabei no Mar entramos pelo Costão com ondas de 3 metros séries maiores sem nadadeiras e fui o único que não sai no helicóptero Águia,sai na mão esse dia foi Hard e 21 provas Sprint de 1 km da Rei e Rainha do Mar c tempos de 16 minutos até 23 ,dependendo do local e condições do Mar e "dia do nadador" RS. Há sim, sou Guardião de Piscina trabalhei 12 anos no Sest Senat Tribobó tive duas ocorrências que poderiam se tornar graves uma foi o outro GP aspirou gás de cloro e a outra uma menininha de 5 anos que bateu a cabeça na borda da piscina forte bem entre o nariz e a caixa craniana,um ponto vital do ser humano ,todos dois estão bem se sequelas ,na hora mantive a calma e do tudo que aprendi com os Bombeiros principalmente com o Sub tenente Santana e sua tropa . Já salvei no mar dezenas de "seres não aquáticos" ,o que faço sustento o corpo da vítima até o GV da praia chegar e Vida que segue ,continuo a descer nas Ondas ,. Já peguei Ondas de BodyBorder ,Triquilha e hoje só de Nadadeiras o tal Surf de Peito , jacaré. Aonde quero chegar com essa história de Vida Aquática, Conceito meu desses anos de convívio nesse meio : Exitem os Aquáticos seres humanos que é só colocar na água já saem no submerso que nem "peixe" e viram nadadores de Clubes ,surfistas , Guardião de Piscina ,Guardas Vidas etc... Os semi aquáticos aqueles que tem que prestar concurso e aparecem 2 meses antes para voltar a nadar ou aprender e saem só para passar na prova ,mais alguns conseguem até se salvar, se for preciso em situações leves . E os seres terrestres que esqueceram completamente da barriga da mamãe rs, o meio aquático que vivemos pelo menos até 9 meses alguns saem antes . Esses são no meu ver 90 % da população mundial ,fica até desleal comparar os que salvam arriscam a Vida por todos que são terrestres o trabalho de prevenção éna verdade o que salva esses 89 % ,pois se perguntar a muitos vão dizer que já passaram sufoco em meio aquático. Lindo trabalho de vocês da Sobrasa ,eu por aqui em Itacoatiara Niterói, continuo pegando minhas Ondas com todo o respeito as minhas limitações de 54 anos bem treinado mais só entro em Mar de até 1,0 metrô séries maiores ,tenho uma boa leitura de Mar ,de entradas e saídas esse é um dos meus treinos .adorei o Manual de Emergências Aquáticas . Gostaria de deixar um Abraço para o idealizador desse projeto Dr David Szpilman, acompanho toda a Evolução e admiro esse trabalho voluntário e maravilhoso de Salvar Vidas .

Deixe uma resposta para Denis Cancelar resposta

*

2 × 2 =

captcha *